Tecle Enter para Pesquisar

Geração Dez

Documentário mostra impactos da revolução digital no cenário musical de Campo Grande

O que pode determinar qual será o destino de uma geração? Além do contexto político e social, as ferramentas disponíveis em cada época tornam possíveis os saltos evolutivos que ocorrem de tempos em tempos. Foi assim depois que o homem aprendeu a controlar o fogo, quando inventou a roda, com o surgimento da agricultura, com a industrialização e é assim hoje com o advento da internet. A revolução digital desencadeou uma explosiva e irreversível troca de informações, derrubou fronteiras espaciais e sociais e estabeleceu um cenário global inédito, no qual ainda estamos aprendendo a nos posicionar.

Essa grande mudança na maneira de se comunicar afetou os padrões culturais das gerações posteriores ao boom tecnológico. O mundo ficou pequeno e, na mesma proporção em que se tornou possível ter acesso ao que acontecia do outro lado do globo, foi dada maior visibilidade ao que era feito na casa de quem mora ao lado. Assim também aconteceu em Campo Grande. Assim também aconteceu com a música feita em Campo Grande.

Com a proposta de realizar um registro da cena musical no início do século XXI por aqui, abordando a desenvoltura desta geração que nasceu um pouco antes da internet, mas que amadureceu inserida na rede, surgiu a ideia do Geração Dez.

O início

Com a proposta de realizar um registro da cena musical no início do século XXI por aqui, abordando a desenvoltura desta geração que nasceu um pouco antes da internet, mas que amadureceu inserida na rede, surgiu a ideia do Geração Dez

Nosso amigo e jornalista, Alexander Onça, havia feito um radiodocumentário a respeito do assunto e nos procurou com a proposta de realização deste filme. Durante o ano de 2011, filmamos shows, ensaios e entrevistas com alguns músicos que desenrolam a música autoral em Campo Grande.

Evidente que, como a ideia era produzir um documentário com menos de 20 minutos, seria inviável inserir todas as bandas de Campão, até porque, ainda bem, existem várias bandas com trabalhos fantásticos na cena autoral local. Dessa forma, o recorte realizado para o Geração Dez abrangeu bandas com as quais o Onça tinha maior afinidade. Curimba, Louva Dub, Jennifer Magnética, Sarravulho e Dombraz foram escolhidas para compor o quadro representativo da nossa música dentro desse contexto.

Abordagens

O documentário é despretensioso. O objetivo foi de realizar um registro do que estava rolando na época em que foi gravado. Ainda assim, tocamos em vários temas que revelam a magnitude do impacto da internet para esta geração.

O som que influenciou esse pessoal, por exemplo, veio de longe. Lembre-se de que o mp3 apresentou ao mundo inteiro bandas que antes eram barradas nas portas das gravadoras, e promoveu a conexão por interesse ignorando as distâncias espaciais.

As composições autorais sofreram influência também do crescimento das cidades, assim como tiveram maior repercussão no ambiente de origem, porque ferramentas como o YouTube permitiram a visualização instantânea do que era produzido por aqui.

Além disso, a tecnologia evoluiu de tal modo que os equipamentos necessários da gravação à disponibilização de músicas em múltiplas plataformas ficaram mais baratos, popularizando a produção, divulgação e o acesso, e elevando a qualidade das produções caseiras.

Com as redes sociais, ficou mais fácil se organizar. Foram criados coletivos que promoveram intenso intercâmbio cultural e fizeram brotar iniciativas interessantes como o crowdfunding, com o qual passou a ser possível financiar projetos coletivamente por meio das “vaquinhas online”.

Com as tecnologias atuais, passou a ser possível encher bares com gente a fim de ouvir músicas feitas aqui. É possível ver mais pessoas ouvindo em casa e cantando, de cor, as músicas feitas aqui.

Outra época

O documentário mostra o que rolou até 2010. Gravamos em 2011, mas hoje, passados dois anos, podemos perceber a fluidez do cenário musical. Bandas acabam, como foi o caso da Curimba, que abre o vídeo, e personagens surgem, como é o caso de Sofia Basso, que no filme aparece recebendo as pessoas para o show do Louva na Morada na portaria, quando ainda não era conhecida como cantora.

Considera-se como período de tempo de cada geração humana cerca de 25 anos. Este intervalo é suficiente para mudar as trajetórias de uma comunidade. Qual será o impacto da Geração Dez na música de Campo Grande?

Realização: Alexander Onça, André Patroni e Kleomar Carneiro
Legendas ENG/PT: Paulo Higa
Colaboração: Laís Camargo
Produção: Magnéttico

Comentários

t Twitter f Facebook g Google+